Notícias

31 de Março de 2017
 

ANÁLISE MERCADOLÓGICA DA STCP PARA A REVISTA ELETRÔNICA B.FOREST – MARÇO/2017

Estimativa de crescimento do PIB brasileiro em 2017 permanece em +0,48.

Para mais informações: clique_aqui

30 de Março de 2017
 

PLANEJANDO UMA NOVA UNIDADE INDUSTRIAL – IVAN TOMASELLI PARA REVISTA REFERENCIA – MAR/2017

Uma equipe multidisciplinar é essencial para alcançar experiência no desenvolvimento do projeto.

Acesse o artigo completo: tomaselli_referencia_marco_2017

 

 

29 de Março de 2017
 

IVAN TOMASELLI, PRESIDENTE DA STCP, PARTICIPA DO MAIOR ENCONTRO DE CÂMARAS DE COMÉRCIO PORTUGUESA, REALIZADO EM PARIS

A VI Reunião Anual das Câmaras de Comércio Portuguesas, realizada nos dias 23 e 24 de março, em Paris, reuniu 21 das 44 Câmaras Portuguesas de diversos países. O Dr. Ivan Tomaselli, Presidente da STCP, participou da reunião representando a Câmara de Comércio Brasil-Portugal do Paraná como vice-presidente de Sustentabilidade.

Durante a reunião foram abordados assuntos importantes como o planejamento estratégico para 2017, balanço do apoio facultado no último ano pelas Câmaras de Comércio Portuguesas às empresas, e o potencial da lusofonia e de negócios da língua portuguesa. Foi realizada uma visita técnica a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE.

O Ministro da Economia de Portugal, Manuel Caldeira Cabral marcou o evento com a entrega de dois prêmios: “Câmara de Comércio Portuguesa do Ano” e “Câmara de Comércio Revelação”, reconhecendo o mérito sobre o trabalho desenvolvido no apoio à internacionalização das empresas portuguesas e à captação de investimentos diretos para Portugal.

As câmaras de comércio portuguesas espalhadas pelo mundo são uma plataforma da sociedade civil com um papel importante para a internacionalização do seu negócio, para estratégias de exportação e, também a empresários estrangeiros que querem iniciar negócio em Portugal, captando assim investimento estrangeiro.

foto-paris

13 de Março de 2017
 

STCP ASSINA CONTRATO COM A SEDAM DE RONDÔNIA PARA DIAGNÓSTICO COMPLETO DA SITUAÇÃO DAS ÁREAS DE FLORESTAS PLANTADAS NO ESTADO

Até o final deste ano, Rondônia terá o diagnóstico completo da situação das áreas de florestas plantadas no estado. O contrato para realização do serviço foi no dia 06 de março entre a Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) e a empresa STCP Engenharia de Projetos Ltda., que irá executar o trabalho. O recurso no valor de R$ 330 mil faz parte do Programa de Desenvolvimento Socioeconômico Integral (PDSEAI), do Fundo Amazônia, não reembolsável.

Segundo o coordenador do Programa Floresta Plantada, Edgard Menezes, a realização do diagnóstico da floresta plantada no estado é de suma importância, pois baseado nas informações o governo de Rondônia terá subsídios para tomar decisões para aplicações de recursos, trabalhar preventivamente o uso alternativo do solo, que é muito comum no estado o furto de madeira e, consequentemente, a invasão da propriedade. “Com o diagnóstico, esta prática será combatida de forma mais eficiente”, explicou.

O vice-presidente da empresa STCP Engenharia de Projetos Ltda., empresário Joésio Siqueira, disse que o diagnóstico vai detalhar o grande potencial florestal de Rondônia. “O mais importante desse trabalho é que o estado terá dados concretos para vender para outros estados da federação, bem como, outros países”, enfatizou o empresário.

Trabalho idêntico a empresa STCP realizou no Estado do Mato Grosso do Sul, onde o resultado, segundo Joésio Siqueira, superou as previsões do diagnóstico. O número de hectares de árvores plantadas foi atingido antes do prazo previsto, e três fábricas de celulose estão sendo implantadas naquele estado.

Em Rondônia, o empresário acredita que irá acontecer a mesma coisa. “O estado já oferece segurança jurídica, e o diagnóstico mostrará o grande potencial do setor”, afirmou Joésio Siqueira, ressaltando que com o diagnóstico em mãos é só fazer a divulgação das potencialidades do setor que vão surgir compradores para o produto e investidores interessados em vir para Rondônia.

O titular da Sedam, Vilson Salles, disse que o governo do estado tem trabalhado para desenvolver políticas estruturantes para o meio ambiente, ao mesmo tempo em que garantir a sustentabilidade e o diagnóstico da floresta plantada faz parte desse processo. O secretário também pediu celeridade na execução do trabalho.

Fonte: Portal do Governo do Estado de Rondônia