Notícias

31 de outubro de 2018
 

STCP PARABENIZA A REVISTA REFERÊNCIA FLORESTAL PELOS SEUS 20 ANOS DE COMUNICAÇÃO NO SETOR DE BASE FLORESTAL E PELA SUA 200º EDIÇÃO

A Revista Referência Florestal é hoje o principal veículo de comunicação no setor de base florestal, divulgando ações, noticias e marcas relacionadas à atividade, trazendo conhecimento e atualidades aos seus leitores.

Parabéns à equipe pelo trabalho desenvolvido, dedicação e contribuições para o fortalecimento do setor de base florestal ao longo de 20 anos!

30 de outubro de 2018
 

STCP FINALIZA PROJETO DE CAPACITAÇÃO TÉCNICA EM ENGENHARIA NATURALÍSTICA

Ivan Tomaselli – Coordenador Técnico do Seminário, Marilza Dias – Secretária do Meio Ambiente, Luiz Fernando Jamur – IPPUC, Presidente

 

A STCP Engenharia de Projetos Ltda. deu apoio à Prefeitura Municipal de Curitiba (PMC/SMMA), na organização e realização do Seminário Internacional de Capacitação Técnica de Engenharia Naturalística para o Programa Viva Barigüi, financiado pela Agência Francesa de Desenvolvimento – AFD. O Seminário, realizado em 5-8 de Junho, 2018, teve por objetivo capacitar os servidores públicos da Prefeitura Municipal de Curitiba envolvidos na implementação do Programa Viva Barigüi.

Os temas abordados no Seminário foram fundamentados nos princípios da engenharia natural e áreas afins, incluindo: técnicas para contenção de taludes e margens com a utilização de materiais não agressivos ao meio ambiente; técnicas para renaturalização dos rios; técnicas para restauração de biodiversidade em ecossistemas alterados e em áreas degradadas, e monitoramento de projetos/programas de restauração de biodiversidade (flora e fauna) nesses ambientes; e técnicas para o tratamento de águas pluviais previamente ao seu lançamento em rios.

O Presidente da STCP, Ivan Tomaselli, foi o Coordenador Técnico do projeto junto à PMC/SMMA, tendo o apoio da Divisão de Consultoria.

A troca de experiências entre profissionais da prefeitura, empresas privadas, universidades, técnicos de diversas áreas, palestrantes do Brasil e da França, possibilitou aprendizado enriquecedor, além de aplicações práticas das técnicas de engenharia natural com cases que auxiliarão em projetos futuros da Prefeitura.

Ivan Tomaselli – STCP, Laure Schalchli – AFD Brasil, Leny Toniolo – SMMA

 

Participantes do Seminário

26 de outubro de 2018
 

STCP PARABENIZA O HOSPITAL PEQUENO PRÍNCIPE PELO SEU 99º ANIVERSÁRIO

Hospital Pequeno Príncipe, referência em pediatria no Brasil, completa hoje, 26/10/2018, 99 anos.

Aliando a excelência técnico-científica ao cuidado integral e humanizado, o Pequeno Príncipe tornou-se pioneiro e precursor de ações que se tornaram políticas públicas.

Com o objetivo de manter o atendimento de qualidade a população, recebe apoio de empresas e cidadãos socialmente responsáveis.

A STCP vem apoiando o Hospital nos últimos anos em diversos projetos de manutenção e de construção do novo complexo hospitalar em Curitiba, e se sente muito honrada em contribuir com a instituição para que continue oferecendo a sociedade “Assistência, ensino e pesquisa: atuando de forma integrada para salvar vidas”.

Parabéns Hospital Pequeno Príncipe pelo trabalho desenvolvido!

25 de outubro de 2018
 

STCP REALIZA SEGUNDA RODADA DE OFICINAS DE PLANEJAMENTO PARTICIPATIVO NA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL JOÃO LEITE EM GOIÁS

Na semana de 20 a 25 de outubro, a STCP está realizando Oficinas de Planejamento Participativo, visando consolidar algumas estratégias relevantes à revisão do Plano de Manejo da APA João Leite.

Com a coordenação da Divisão de Meio Ambiente da STCP, está se consolidando de forma participativa, a missão e visão da APA, buscando um planejamento adequado a sua realidade e a expectativa da comunidade residente, para atingir os objetivos principais de proteger os recursos hídricos da bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite; assegurar condições para o uso do solo compatíveis com a preservação dos recursos hídricos; conciliar as atividades econômicas e a preservação ambiental; proteger os remanescentes do bioma cerrado; melhorar a qualidade de vida da população local por meio de orientação e do disciplinamento das atividades econômicas; disciplinar o turismo ecológico e fomentar a educação ambiental.