Notícias

21 de Janeiro de 2019
 

REUNIÃO DE IVAN TOMASELLI NA FEDERAÇÃO ECONÔMICA DE CORRIENTES – ARGENTINA

No dia 16 de janeiro, Dr. Ivan Tomaselli esteve na Argentina para reuniões de trabalho na Província de Corrientes.

Na ocasião, Dr. Ivan Tomaselli esteve reunido na Federação Econômica de Corrientes, com o Presidente Sr. Daniel Cassiet, o Vice Presidente Daniel Filigoy e membros da Câmara de Madeireiros, com o objetivo de analisar o cenário para investimentos no Cone Sul e o contexto para os negócios florestal-Industrial na região Nordeste (NEA) da Argentina.

Dr. Tomaselli enfatizou que neste cenário deve-se aprofundar um trabalho regional com interesses em comum entre Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai, mesmo que se encontrem em estágios diferentes, existem caminhos a percorrer juntos.

Afirmou também que, para o sistema florestal-industrial ser eficiente e rentável, deve contar com uma indústria de celulose e papel sustentável, econômico-financeira e ecológica com tecnologia de ponta disponível, pois 70 % da madeira não é serrada e deve ser destinado a esses empreendimentos industriais.

Foram analisadas as assimetrias industriais e os níveis de diversificação no Mercosul, onde o Brasil já conta com 5000 milhões de dólares em exportação de celulose, Chile 5000 milhões por todo conceito, Uruguai 3000 milhões de dólares, a Argentina está em um ritmo mais lento, devendo acelerar em prol desse desafio industrial.

O Modelo do estado de Mato Grosso Sul do Brasil, foi citado como um bom exemplo para visualizar como montar um cluster florestal-industrial com valor agregado e resultados econômicos e ambientais sustentáveis.

Importante destacar que no Uruguai, os produtos de celulose já representam 22 % das exportações, o que superou a carne em valor. É um sistema integrado floresta-indústria que 15 anos atrás não existia.

Corrientes com investimentos neste ramo poderia exportar 3000 milhões de dólares, além do desenvolvimento industrial diversificado das serrarias regionais.

Destacou-se que há um tempo houve uma mudança de paradigma quando a floresta-indústria se nacionalizou como produção e foi criada “A Mesa Nacional Florestal- Industrial”, onde o governo provincial sendo a primeira província florestal do país, participa em todas as reuniões e o presidente da Republica também.

Linhas de trabalho:

Continuar o planejamento de um plano integral florestal-industrial e, além disso, realizar uma grande diversificação.

Analisar os problemas supranacionais que influenciam e devem ser resolvidos, analisar os problemas intrasetoriais para solucionar os obstáculos e analisar os problemas intersetoriais. O governo presidido pelo Gustavo Valdes visa estimular a produtividade para melhorar competitividade real, logística portuária, energia, infraestrutura rodoviária, ferrovia de carga, principalmente na zona central até o porto, formação de recursos humanos voltados para o setor florestal-industrial, cursos e intercâmbio de delegações com experiência com outros países, etc.

Fonte: Federação Econômica de Corrientes

18 de Janeiro de 2019
 

IVAN TOMASELLI, PRESIDENTE DA STCP, SE REUNIU COM LÍDERES DA FEDERAÇÃO ECONÔMICA DE CORRIENTES – FEC – ARGENTINA

 

Deputado Parlamentar do Mercosul – Dr. Alejandro Karlen, Presidente da STCP – Dr. Ivan Tomaselli  e o Vice-Governador de Corrientes – Dr. Gustavo Canteros.

 

Ivan Tomaselli, é um empresário madeireiro de renome no Brasil e chegou na quarta-feira a Corrientes, para se reunir com os líderes da Federação Econômica de Corrientes (FEC). Antes disso, manteve contato com o deputado parlamentar do Mercosul, Dr. Alejandro Karlen e o vice-governador, Dr. Gustavo Canteros. A ideia é fortalecer as relações internacionais da Indústria Madeireira.

A reunião foi realizada durante o dia desta quarta-feira na capital de Corrientes, juntamente com cerca de 15 empresários do setor da região, funcionários e líderes da província de várias organizações.

A província tem um alto potencial de desenvolvimento para investimentos no setor, já que possui uma Tabela Provincial Foresto-industrial semelhante à coordenada pelo Governo Nacional, onde é analisado o cenário necessário para recuperar a competitividade e atrair novos projetos. Nesse contexto, o especialista foi convocado para trocar pontos de vista, já que é um especialista reconhecido no mercado florestal da América Latina.

“A ideia é analisar quais seriam as alternativas a serem seguidas no curto e médio prazo para o desenvolvimento florestal de Corrientes e avançar na industrialização necessária, com uma base florestal de mais de 500 mil hectares e disponibilidade de superfície para projetar no longo prazo.” Disse Ivan Tomaselli em contato com o repórter sul-americano.

Tomaselli é o fundador da principal empresa de consultoria internacionais de projetos, planejamento e silvicultura na América Latina, com sede em Curitiba, Brasil, e no anuário “Visão Missão 2019”, analisou o cenário para investimentos no Cone Sul e contexto para negócios silvicultura-industrial na região NEA. “Existem oportunidades em todos os negócios da cadeia de valor da indústria florestal. Oportunidades de desenvolvimento estão associadas a projetos integrados, considerando o desenvolvimento da floresta e da indústria. Os investimentos devem fluir para plantações florestais baseadas em espécies com tecnologia conhecida, alta produtividade e localizadas em regiões de boa logística”, afirmou o especialista.

Fonte: Entrevista para Rádio Sudamericana – Corrientes

 

15 de Janeiro de 2019
 

IVAN TOMASELLI, PRESIDENTE DA STCP, ESTARÁ NA ARGENTINA, PARA REUNIÕES DE TRABALHO COM O GOVERNO DA PROVÍNCIA DE CORRIENTES

Casa do Governo da Província de Corrientes – Argentina

 

No dia 16 de janeiro, Dr. Ivan Tomaselli, estará com o Governador da Província de Corrientes Sr. Gustavo Valdés e o Vice Governador Dr. Gustavo Canteros, para uma reunião de trabalho conjunta com membros do PARLASUR e do EUROLAT, que acontecerá na Casa do Governo da Província de Corrientes, para acordar apoio ao projeto de implantação do trem que ligará Sao Pablo, Sao Borja, Santo Tome, Corrientes, Resistencia e Antofagasta (Chile), um trabalho transcendental de integração e complementação comercial.

Na ocasião, Dr. Ivan Tomaselli também estará com o Presidente da Federação Econômica de Corrientes, Sr. Daniel Cassiet, com o Vice Presidente Daniel Filigoy e membros da Câmara de Madeireiros, e concederá entrevista à mídia local, rádio e TV.

 

15 de Janeiro de 2019
 

NOSSAS EXPORTAÇÕES DE PRODUTOS DE MADEIRA DE VALOR AGREGADO SÃO CONCENTRADAS

Exportadores brasileiros ainda mantêm quase todo o fluxo de produtos madeireiros para a América do Norte, mesmo depois da lição que a crise proporcionou.

Acesse o artigo completo: Tomaselli_Referencia ano20 n 203_dez 2018