Estudos e Projetos

 
CONSULTORIA ESTUDOS ESTRATÉGICOS E POLÍTICAS

PLANO ESTRATÉGICO PARA MELHORAR A COMPETITIVIDADE DO SETOR FLORESTAL DO PARAGUAI

Foi desenvolvido um plano estratégico para melhorar a competitividade do setor florestal do Paraguai para apoiar a definição de políticas e outras ações de autoridades governamentais. O Plano Estratégico pode contribuir para a criação de condições para facilitar a atração de investimentos privados, nacionais e internacionais, em projetos florestais competitivos e sustentáveis. As áreas prioritárias identificadas e analisadas para a intervenção foram definidos com base no diagnóstico que incluem fortalecimento institucional, sustentabilidade na oferta de matéria prima, indústria florestal sustentável e competitiva, produtos florestais para exportação, atração de investidores, juntamente com as linhas de ação.

As macro metas do Plano Estratégico estão vinculadas a um aumento da oferta de madeira de fontes sustentáveis e a expansão e modernização da indústria florestal. O resultado mostra que é necessário implantar, em 15 anos, cerca de 500.000 hectares de plantações florestais e expandir as áreas de manejo sustentável de florestas nativas para 1-2 milhões de ha. Esta base florestal terá capacidade de produção sustentável de 15-20 milhões de m3/ano, um volume compatível com a demanda de madeira industrial, lenha e carvão vegetal nos anos 2030-2040. Na área industrial, é importante atrair empresas âncoras, especialmente empresas envolvidas na produção de painéis reconstituídos e celulose. Foi estimado que serão necessários cerca de US$ 5,5 milhões para a implementação do Plano Estratégico nos primeiros 3 anos.

 
CONSULTORIA NEGÓCIOS EM SUSTENTABILIDADE

CARACTERIZAÇÃO DE UMA INDÚSTRIA DE CELULOSE & PAPEL NO EQUADOR

Os estudos incluíram a identificação da disponibilidade, análise da idoneidade geográfica e climática de terras disponíveis e seu potencial para estabelecer plantações florestais comerciais competitivas como base para a formação de um Polo Florestal para o abastecimento sustentável de uma Fábrica de Celulose com capacidade de produção de 1 milhão ton/ano. Foram analisados três componentes:

  • Técnico – estruturação de SIG, macro zoneamento das áreas com potencial para plantios florestais, estimativas de potencial produtivo das florestas, e seleção das áreas para suprimento de madeira para a indústria;
  • Comercial – estudos de mercado no Equador e em nível internacional, identificação de potenciais parceiros estratégicos para o empreendimento, plano de gestão de atores interessados, entre outros;
  • Financeiro – modelagem econômico-financeira para avaliação da viabilidade do desenvolvimento dos plantios florestais em questão.

dsc01790-flloresta

dsc01770-solo-teste

img_6296-torete

 

 
CONSULTORIA NEGÓCIOS EM SUSTENTABILIDADE

OPORTUNIDADES PARA FLORESTAS ENERGÉTICAS NA GERAÇÃO DE ENERGIA

As oportunidades de investimento em florestas plantadas no Brasil, voltadas à geração de energia vem crescendo substancialmente na última década, tanto que a STCP tem elaborado vários estudos de projeto florestal para abastecimento de usinas termoelétricas, totalizando mais de 400 MW de potência instalada.

A geração de conhecimento sobre fatores de competitividade e potencial das florestas plantadas na geração de energia é fundamental. Para tanto, vários aspectos foram analisados como a caracterização da cadeia produtiva florestal enfocando na geração de biomassa, considerando o perfil das florestas plantadas e produção de madeira, espécies potenciais para fins energéticos, produção e destinação de resíduos e ainda o mercado consumidor de biomassa, levando-se em conta a distribuição do consumo de energia, principais segmentos, tendências e perspectivas. Além disso, foram avaliados os principais aspectos de competitividade que afetam as florestas plantadas para fins energéticos, tais como produtividade (IMA), preço da madeira, aspectos físicos, legais e ambientais e uma matriz com a indicação dos principais aspectos e regiões com potencial de desenvolvimento de florestas energéticas no Brasil, incluindo restrições e gargalos pertinentes.

plantio-de-eucalipto-captura

2-plantio-de-eucalipto-capturaObs: Fotos tiradas em 2011

 
CONSULTORIA INVESTIMENTOS, NEGÓCIOS E MERCADO

ESTUDO SETORIAL DO SETOR FLORESTAL

A STCP tem elaborado Estudo Setorial do setor de madeira sólida, mercado doméstico e internacional de produtos de madeira sólida (compensado, madeira serrada e PMVAs), principais espécies madeireiras utilizadas provenientes de florestas nativas e plantadas. O Estudo Setorial apresenta panorama setorial, enfatizando a importância da indústria de madeira processada mecanicamente, mostrando perspectivas e estratégias ao desenvolvimento do setor.