Notícias

7 de junho de 2018
 

STCP CONDUZ OFICINAS PARTICIPATIVAS PARA O PROJETO DE CRIAÇÃO E IMLEMENTAÇÃO DE RPPN NA BACIA DO RIO CAPIBARIBE – PE

Recente,  a STCP conduziu 8 Oficinas Participativas para o projeto denominado “Execução dos Serviços de Apoio à Criação e Implementação de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN) na Bacia Hidrográfica do Rio Capibaribe”.

A equipe da Unidade de Meio Ambiente da STCP foi quem conduziu as Oficinas de Sensibilização com o objetivo de elucidar conceitos chaves sobre RPPNs, incluindo as vantagens e desvantagens de se criar essa categoria de Unidade de Conservação na propriedade. Estiveram presentes 98 pessoas entre representantes do poder público e proprietários rurais.

O trabalho de sensibilização das Oficinas associado a outras estratégias de identificação de potenciais RPPN, gerou uma lista priorizada de proprietários com interesse para criação de 9 áreas protegidas. Dessas áreas 5 serão selecionadas para abranger os estudos diagnósticos.

A criação de RPPN vai ao encontro do proposto pelo Projeto de Sustentabilidade Hí­drica de Pernambuco (PSHPE) e o Plano Hidromineral da bacia do rio Capibaribe. Segundo esse último documento,  a criação de unidades de conservação e o estímulo à criação de reservas particulares são estimuladas como estratégias para reduzir os riscos da operação do sistema hídrico garantindo a segurança dos diversos mananciais da bacia.

Luciano M. Ceolin – Consultor da STCP

Leticia K. M. de A. Ulandowski – Consultora da STCP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *