Notícias

20 de dezembro de 2017
 

STCP ELABORA O ANUÁRIO BAHIA FLORESTAL 2017 PARA ABAF

Bahia fecha 2017 com posição de destaque no cenário florestal brasileiro
São aproximadamente 650 mil hectares de florestas plantadas e uma das melhores médias de produtividade florestal do país

A Associação Bahia das Empresas de Base Florestal (Abaf) reuniu jornalistas e parceiros para apresentar os dados do relatório Bahia Florestal 2017, um anuário estatístico com as informações das empresas associadas. A STCP esteve presente representada pelo consultor Jefferson Dorigon Garcia.

O presidente da Abaf, Sebastião Andrade, diretor da Ferbasa, mostrou – por exemplo – que o setor de base florestal liderou, nos últimos três anos, as exportações baianas.

“Nosso setor é responsável por 4% do PIB baiano”, ressaltou Sebastião. De fato, o setor desempenha importante papel na economia do estado. São mais de 220 mil empregos diretos e indiretos gerados em toda a cadeia.

O posicionamento da indústria de base florestal é diferenciado. A articulação do diretor executivo da associação, Wilson Andrade, posicionou – de forma atuante – a Abaf junto à mais de 40 fóruns estaduais, nacionais e ambientais. Um dos destaques é a participação na Câmara Setorial de Florestas Plantadas, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

“Esse é um trabalho que está sendo feito desde 2004, quando a associação foi criada”, lembrou Wilson. O relatório Bahia Florestal 2017 foi elaborado com o suporte da empresa STCP Engenharia de Projetos Ltda. e traz, entre outras informações, área plantada do estado, que alcançou 647,8 mil hectares em 2016 e a produtividade média de 34 metros cúbicos por hectare/ano.

A média, que em determinadas áreas ultrapassa 45 metros cúbicos por hectare/ano, caiu um pouco nos últimos dois anos devido à uma seca severa que atingiu o estado. Mesmo assim, a Bahia é referência mundial nesse aspecto.

“Não é à toa que sediamos, com bastante frequência, eventos científicos sobre eucalipto, celulose e outros temas relacionados ao setor florestal”, finaliza Wilson.

Acesse aqui o relatório Bahia Florestal 2017 (PDF)

Fonte: Painel Florestal

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *